315 capaO crescimento do número de residentes no Brasil e a nova resolução que trata sobre a possibilidade de o obstetra atender à vontade da gestante quanto à realização de parto cesáreo são os principais destaques da nova edição do jornal Medicina. Na publicação, o leitor pode ter acesso a informações que permitem entender os rumos da Residência Médica no País e conhecer a nova orientação quanto à conduta médica no atendimento ao pedido da gestante sobre o tipo de parto a ser realizado.

Outro destaque na edição é a Resolução 2.292/21, que proíbe aos médicos a prescrição da hidroxicloroquina e cloroquina em sua forma inalatória. De acordo com a norma, tratamentos médicos baseados nessa abordagem podem ser realizados somente por meio de protocolos de pesquisa aprovados pelo sistema de Comitês de Ética em Pesquisa e Comissão Nacional de Ética em Pesquisa.

Palavra do Presidente – além dessas informações, é destaque na edição o artigo de autoria do presidente do CFM, Mauro Ribeiro. Em O futuro da saúde do Brasil, ele faz uma análise sobre o futuro cenário da saúde brasileira no período pós-pandemia. O presidente do Conselho avalia que o adiamento de exames e diagnósticos causado pelo atual momento de crise sanitária poderá acarretar ainda mais adoecimento e óbitos. Nesse cenário, Mauro Ribeiro ressalta a importância da união de esforços na busca de uma saída para o quadro que se avizinha.

A publicação traz ainda informações sobre o acordo de cooperação entre o CFM e o Conselho Federal de Farmácia (CFF) que poderá permitir que uma receita médica tenha validade em todo o território nacional , independentemente do local de emissão. Outra novidade será o desenvolvimento de uma plataforma eletrônica onde o médico poderá prescrever on-line e de forma simplificada.

Confira todos esses e outros destaques na edição nº 315 do jornal Medicina. ACESSE AQUI.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.