Será realizado nos dias 06 e 07 de junho de 2003 pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso do Sul, Encontro de Bioética com o tema “DISTANÁSIA o sofrimento sem esperanças”. Serão abordados aspectos jurídicos, econômicos, teológicos,bioéticos e científicos da obstinação terapêutica para o prolongamento da agonia, do sofrimento e do processo de morte.

PROGRAMAÇÃO

Dia 06 de junho(sexta-feira)

Presidente da Mesa
Dr. Lúcio Mário da Cruz Bulhões Presidente do CRM MS Moderador
Dr. Luiz Salvador de Miranda Sá Jr. Conselheiro do CRM MS Primeiro Secretário do CFM
Palestras
19:30h – Distanásia: até quando prolongar a vida?
Prof. Dr. Pe.Leo Pessini Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Bioética Membro Brasileiro no BOARD da Associação Internacional de Bioética Superintendente da União Social Camiliana
20:30h – O Médico diante da morte
Dr. Edson de Oliveira Andrade Presidente do CFM

Dia 07 de junho(sábado)

Presidente da Mesa

Dr. Marco André Nogueira Hanson Presidente da Associação de Magistrados de MS Moderador
Dr. Roni Marques Conselheiro do CRM MS Conselheiro Suplente do CFM
Palestras
08:00h – Morrer com paz e dignidade:Qual o preço?
Prof. Dr. Edson Mamoru Tamaki Doutor em Economia da Saúde-Universidade de Paris IX Coordenador do Curso de Mestrado-Saúde Coletiva CCBS/UFMS
09:00h – O direito de viver e o direito de morrer
Prof. Dr. Renato de Paula Magri Presidente da Comissão de Bioética e Biodireito da OAB-SP
10:00h – Mesa Redonda, com a presença dos Palestrantes


O evento acontecerá no Anfiteatro ddo CRM MS nos dias 06 e 07 de junho á 19:30h e 8:00h respectivamente.O evento será realizado pelo CRM MS com o apoio do CFM. Reservas pelo telefone (67)326-7795.(vagas limitadas) serão fornecidos certificados aos participantes.

Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso do Sul.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.