A Força Aérea Brasileira (FAB) realiza, anualmente, concurso público para admissão de médicos, de ambos os sexos, para ingresso no Quadro de Saúde da Instituição. Realizado anualmente em 16 cidades brasileiras, há oportunidades para diversas especialidades, entre elas, Anestesiologia, Cardiologia, Clínica Médica, Endocrinologia, Ginecologia, Obstetrícia, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Psiquiatria, Pediatria, Geriatria, entre outras. A remuneração para o profissional em início de carreira é em torno de R$ 6 mil, sendo que o médico pode chegar ao posto de Major- Brigadeiro. A FAB ainda oferece outros benefícios como assistência médica e odontológica, alimentação e moradia. O concurso deste ano, que tem previsão de divulgação do edital em maio, será composto por provas de português, conhecimentos especializados, exames de saúde, avaliação psicológica e teste de condicionamento físico. Em caso de aprovação, o candidato fará o Curso de Adaptação Militar no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR), em Belo Horizonte, com duração de 18 semanas. O curso visa proporcionar aos médicos, conhecimento sobre a estrutura e o funcionamento do Serviço de Saúde da Aeronáutica, bem como sobre os procedimentos de rotina do Oficial nos vários setores de acordo com a sua área de atuação. Entre as instruções ministradas estão: armamento, munição e tiro, atividades de campanha, conceitos de chefia e liderança, comunicação oral, o funcionamento do sistema de saúde na Aeronáutica, a legislação militar e segurança de voo. Após o curso, o médico será nomeado Primeiro-Tenente, sendo designado para servir em Organização Militar da localidade escolhida no ato da inscrição, respeitando a sua classificação no concurso. Para a médica Fernanda Brandão Abrantes, 31 anos, aprovada no concurso realizado em 2009, o grande atrativo da carreira militar é a possibilidade de ter um plano de carreira e estabilidade aliado à boa qualidade dos Hospitais, permitindo a prática adequada da Medicina. “A FAB permite o crescimento profissional, oferecendo boas condições de trabalho e incentivando o aperfeiçoamento técnico profissional”, completa. O Sistema de Saúde da Aeronáutica é estruturado por regiões e busca proporcionar a adequada assistência médico-hospitalar aos militares (ativos e inativos) e aos seus dependentes. Em 2009, foram oferecidas 106 vagas para 23 especialidades médicas. O edital e o formulário para inscrição estarão disponíveis no site www.ciaar.com.br . Mais informações no telefone (31)4009-5014. (Fonte: CFM – 26.04.2010)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.