O psiquiatra Luiz Salvador de Miranda Sá Júnior foi reeleito nesta quarta-feira, dia 21 de julho, delegado de Mato Grosso do Sul no Conselho Federal de Medicina – CFM. Ele que já vinha exercendo o cargo desde 1999 e ganha um novo mandato até 2009. Luiz Salvador e seu suplente, o angiologista e cirurgia vascular Maurício de Barros Jafar, que formaram a chapa 1, venceram a eleição obtendo 45,5% dos 1.812 votos, o equivalente 825 votos. Em segundo lugar ficou a chapa 2, formada por Lúcio Mário da Cruz Bulhões (delegado) e Leidiniz Guimarães da Silva (suplente), que obteve 36,7%, o que representa 666 votos, e em terceiro lugar a chapa 3, com Ronaldo Costa (delegado) e Valéria Ribeiro(suplente), 13,9%, ou 252 votos. A eleição teve ainda 43 votos nulos, ou 2,3% do total, e 26 votos em branco, o equivalente a 1,4%. O delegado reeleito considerou a vitória na eleição um indicativo de aprovação ao trabalho que foi realizado nesses cinco anos e disse que meta no novo mandato é aperfeiçoar as ações no que se refere as questões envolvendo o ato médico e a ordem dos médicos. “Uma das coisas que tem de ser viabilizada é o Programa de Assistência a Saúde do Médico. É um absurdo que a categoria que tem a obrigação de cuidar da saúde de toda a população, como os médicos têm, esteja tão desassistida quando se trata da sua própria saúde”, comentou.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.