A partir de abril de 2005 médicos de todo o País que possuem algum tipo de especialidade, deverão passar pela revalidação de seus títulos de especialistas. A determinação é do Conselho Federal de Medicina (CFM) através da resolução nº 1.755, de 14 de dezembro de 2004. Os profissionais terão o prazo de cinco anos para fazer a recertificação, sob pena, após o fim desse período, de não terem mais seus títulos reconhecidos. Em Mato Grosso do Sul, segundo o Conselho Regional de Medicina (CRM/MS), 1.685 médicos deverão submeter seus títulos a revalidação. Para fazer esse trabalho foi criada a Comissão Nacional de Acreditação (CNA), composta por um membro da diretoria do CFM, um membro da diretoria da Associação Médica Brasileira (AMB) e dois delegados de cada um destes órgãos. Também participarão do trabalho as sociedades médicas de cada especialidade, que estarão comunicando os profissionais da necessidade da recertificação. Enquanto que a CNA terá a missão de elaborar as normas e regulamentos para a revalidação dos títulos e emitir o Certificado de Revalidação. Os títulos de especialistas da AMB bem como os registros de especialidade do CFM terão a validade de cinco anos. O presidente do CRM/MS, Marcos Paulo Tiguman, disse que a recertificação é muito importante para que a categoria aprimore seus conhecimentos, de modo a estar em sintonia com as mais modernas práticas da medicina.

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.