Karine Cortez A construção do laboratório da Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) foi aprovada ontem pela Câmara de Vereadores de Campo Grande com a doação de área de 33 mil metros quadrados, localizada no loteamento Jardim das Nações, no Bairro Parati. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, na próxima segunda-feira o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, estará na Capital para assinar convênios, oficializar a entrega do terreno e tomar conhecimento da efetivação do contrato com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que vai profissionalízar a gestão da Santa Casa. Ainda segundo Mandetta, o ministro participará, na Câmara Municipal, da solenidade de reconhecimento de integrantes da sociedade civil que colaboraram no combate à dengue na Capital. Na mesma ocasião, poderá ainda anunciar recursos para construção doprédio que vai abrigar o centro de pesquisas da Fiocruz. As articulações politicas para instalação do laboratório em Campo Grande tiveram inicio no dia 18 de agosto de 2007, quando o presidente da Câmara Municipal, Edil Albuquerque (PMDB), recebeu a visita da infectologísta do Centro de Doenças Infecciosas da Prefeitura de Campo Grande, Márcia Gianini, e do infectologogista Rivaldo Venâncio da Cunha. As linhas para ensino e pesquisa da Fiocruz no Estado serão: saúde e população indígenas; meio ambiente e agronegócio; saúde e população fronteiriças, formação do cerrado e Pantanal; biodiversidade, além de doenças infecciosas e não infecciosas típicas da região. “Para nós, a concretização do processo de instalação da Fiocruz em Campo Grande é uma conquista da população. Mas precisamos destacar também a sensibilidade dos governos estadual e municipal que não mediram esfor­ços para que chegássemos a esse resultado”, destacou Edil Albuquerque. (fonte: jornal Correio do Estado – 25.06.08)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.