Defender a preservação da vida desde sua concepção. É com base nesse compromisso que o Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto foi criado e vem se expandindo por todo o país. Alinhado com o pensamento de mais de 90% da população brasileira que é contra a legalização do aborto (conforme pesquisa IBOPE divulgada em meados de 2005), o movimento está se estruturando em comitês, de norte a sul do Brasil, com o objetivo de mobilizar a sociedade a participar da discussão sobre o direito à vida. Formado em julho de 2006, o Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto é uma organização suprapartidária e suprareligiosa, estruturada para pautar suas ações e argumentos a partir de evidências e pesquisas no campo da genética, da embriologia, da bioética e da legislação vigente e não em dogmas. Entre seus integrantes há professores, advogados, juristas e cientistas de renome, que emprestam seus conhecimentos para dar voz e visibilidade a uma parcela da população que, embora numerosa, nem sempre consegue espaço para expor seus pensamentos. Com seu trabalho constante, o Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto vem ganhando notoriedade: já conseguiu reunir milhares de pessoas em caminhadas, eventos e atos públicos realizados em São Paulo, Fortaleza e Salvador, entre outras importantes cidades do país. A cada dia, novos integrantes somam-se à causa e isso se reflete nos novos comitês organizados pelo Brasil. Novos comitês O Movimento Nacional em Defesa da Vida – Brasil sem Aborto já tem bases consolidadas em 15 estados brasileiros. Para comportar a expansão, só no último mês foram formados quatro novos comitês: nas capitais do Rio Grande do Norte (Natal), de Minas Gerais (Belo Horizonte), Pernambuco (Recife) e Goiás (Goiânia). Em Goiás, sob o comando do administrador de empresas Lourivan Macedo, o novo comitê trabalha ativamente na organização da Grande Marcha para Brasília, programada para o dia 15 de agosto. No Rio Grande do Norte, quem está à frente é Cléber Costa, diretor de Comunicação Social da Federação Espírita do RN. Os integrantes do movimento intensificam os preparativos para o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Vida na Assembléia Legislativa e na Câmara Municipal de Natal, na segunda quinzena de agosto. Já em Minas Gerais, os esforços do novo comitê se concentram no lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e Contra o Aborto na Câmara Municipal de Belo Horizonte, na liderança de Geraldo de Paula Corrêa, professor de filosofia e história e diretor do Sindicato de Educação de Belo Horizonte (Sind-REDE). Em Pernambuco, o presidente da Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo (ABRADE), Gezler Carlos West, é quem coordena as ações, que incluem apoio aos eventos nacionais e expansão da atuação no próprio Estado por meio de atividades com a comunidade local. Fonte: Midiamax News

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.