1. O Ministério da Saúde informa que foi notificado, nesta segunda-feira (13), da morte de um paciente infectado pelo novo vírus influenza A (H1N1), no Rio Grande do Sul. Este é o terceiro óbito registrado no país em conseqüência da nova gripe. 2. Trata-se de uma criança de 9 anos, com doenças crônicas preexistentes (fatores de risco para o agravamento da doença), que apresentou sintomas em 29 de junho. Foi internada em 2 de julho e faleceu em 5 de julho. 3. A criança teve contato com um irmão adolescente, que apresentou sintomas leves de gripe em 27 de junho. O rapaz é contato de uma professora que também apresentou sintomas da gripe e realizou viagem à Argentina. Um familiar da professora também teve confirmação por laboratório para influenza A (H1N1). 4. O Ministério lamenta a ocorrência do terceiro óbito e reitera que todas as medidas vêm sendo tomadas, em parceria com estados e municípios, para diminuir a disseminação da doença e oferecer tratamento ágil em sua rede pública a todos que necessitem. 5. De acordo com a última atualização de dados do Ministério da Saúde, em 10 de julho, a letalidade média da nova gripe no mundo (0,45%) é igual à da gripe sazonal. No Brasil, até a última sexta-feira, havia 1.027 casos confirmados da nova gripe. Com base nesses dados, os três óbitos registrados no país representariam uma letalidade de 0,29%. 6. Com exceção do segundo óbito, registrado na última sexta-feira, em São Paulo, e de familiares da vítima infectados, cuja transmissão ainda está em investigação, todos os casos autóctones têm vínculos epidemiológicos com pacientes procedentes do exterior. Desse modo, o Ministério da Saúde considera que, até o momento, a transmissão no Brasil não apresenta evidências de sustentabilidade da transmissão do vírus de pessoa a pessoa. 7. O monitoramento da circulação do novo vírus no país está sendo feito pelo Ministério da Saúde e pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde, com base no acompanhamento dos casos suspeitos e confirmados. 8. É importante ressaltar que a maioria absoluta das pessoas infectadas pela nova gripe manifesta sintomas leves, parecidos com os da gripe comum, e se recupera rapidamente. 9. O Ministério orienta a população que, ao sentir sintomas de gripe (febre, tosse, coriza e dores de garganta, de cabeça ou pelo corpo), procure o serviço de saúde mais próximo, para avaliação de um médico. 10. Uma nova atualização dos dados da nova gripe no país ocorrerá na próxima quarta-feira (15/7). (fonte: Ministério da Saúde – 14.07.09)

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.