O número de casos notificados de tuberculose caiu no Brasil em 2010, mas o Ministério da Saúde mantém a preocupação sobre a doença, responsável pela morte de cerca de 4,8 mil pessoas por ano no país. O ministério lançou nesta quinta-feira (24/3) – dia mundial de combate à doença – a campanha de 2011, com o objetivo de estimular o diagnóstico precoce da doença.
     
     O foco da ação são homens jovens, de 20 a 49 anos, faixa em que ocorre o maior número de ocorrências. Também será distribuído material aos profissionais de saúde, inclusive os que trabalham no sistema penitenciário.
     
     A quantidade de diagnósticos novos da doença passou de 73.673 em 2008 para 70.601 no ano passado. Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Jarbas Barbosa, os esforços devem concentrar-se na prevenção da doença, para que pessoas contaminadas não disseminem o vírus.
     
     No Brasil, a tuberculose é a terceira causa de morte por doenças infecciosas. Apesar de ser a sétima economia do mundo, o país fica em 19º lugar no ranking dos 22 países que concentram 80% dos casos da doença em todo o mundo.
     
     Jarbas Barbosa aponta, no entanto, que é preciso considerar o índice de incidência dos casos, e não apenas os números absolutos, considerando-se que o Brasil é um país com população muito grande. “O Brasil tem avançado bastante. Em termos de incidência, estamos em 108º, mas queremos sair do grupo de países de maior carga. Acreditamos que, mantido o progresso atual, em cinco anos vamos conseguir.”
     
     Fonte: Correio Braziliense

Aviso de Privacidade
Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o Portal Médico, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de cookies. Se você concorda, clique em ACEITO.